Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

28/11/2019

Sindiagua questiona à Cagece impacto da Usina de Dessalinização no bolso do consumidor

A direção do Sindiagua participou, no dia 24 de outubro, da audiência pública promovida pela Cagece para apresentação do projeto da usina de dessalinização de água que será construída na Praia do Futuro, em Fortaleza. A entidade marcou presença com o objetivo de obter mais informações sobre o projeto, que prevê a formalização de uma Parceria Público Privada (PPP).
Várias perguntas feitas pelos presentes abordaram questões técnicas do projeto. Partiu do Sindiagua a única pergunta feita sobre o impacto da Usina na tarifa de água e no bolso do consumidor final. O presidente do Sindiagua, Jadson Sarto, lembrou que enquanto a água bruta fornecida pela Cogerh custa em média R$ 0,64/m3, a água dessalinizada custa cerca de 1 dólar (R$ 4,27, segundo Bacen) por metro cúbico, em média. O Secretário Executivo de Saneamento, Paulo Lustosa, e o presidente da Cagece, Neuri Freitas, afirmaram não poder prever ainda o impacto sobre a tarifa, alegando que isso dependerá de muitos fatores, como o incremento de ligações de água e esgoto, a quadra chuvosa e o novo marco regulatório do saneamento.
A usina prevê um incremento de 12% na oferta de água tratada. “É importante, em um Estado que tem quase a totalidade do seu território dentro do semiárido, desenvolver outras matrizes hídricas. Não podemos ficar dependentes apenas da chuva. Mas é preciso que a sociedade participe da discussão e tenha clareza dos impactos do projeto”, avalia Jadson. Também participaram da audiência os diretores Lula Morais, João Viana e Ana Lúcia.
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br