Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

19/02/2021

COM AUMENTO DE CASOS DE COVID, É IMPORTANTE QUE CADA UM FAÇA SUA PARTE NO COMBATE À PANDEMIA!

O Brasil e o Ceará vêm enfrentando uma segunda onda da pandemia do coronavírus. Os casos de contaminação vêm aumentando com rapidez, sobretudo em virtude das aglomerações ocasionadas no final de ano, e a vacina ainda está longe de ser disponibilizada a todos. Notícias divulgadas em veículos da imprensa local no último dia 15/02 informaram que, de acordo com dados da Secretaria da Saúde (Sesa), a ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) voltados para pacientes adultos com Covid-19 chegou a 97,1% em Fortaleza (o maior percentual desde o pico da pandemia, em maio de 2020). Sete hospitais da capital contavam (no dia 15/02) com 100% dos leitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19. Em todo o Ceará, a ocupação de leitos somente de adultos atingiu 92,92% (Fonte: DN). Também foi divulgado no portal Ceará News7 que alguns municípios do interior, como Sobral, Tianguá, Cratéus, Tauá, Juazeiro do Norte e Iguatu, teriam chegado a 100% dos leitos ocupados.
Todo esse cenário levou o Governo do Ceará a editar novo Decreto com medidas que visa evitar as aglomerações, como toque de recolher das 22h às 5h, suspensão das aulas presenciais, redução no horário de funcionamento das atividades econômicas e trabalho remoto para o funcionalismo público em atividades não essenciais.
O Sindiagua, diante desse Decreto, dos números e da gravidade da doença, defende que a Cagece, Cogerh, SAAEC e SAAES promovam ao máximo as atividades remotas, realizando rodízio entre as equipes de atividade essencial, como forma de reduzir o risco de aglomeração e, consequentemente, contaminação. “É fundamental preservar a vida dos trabalhadores e isso deve ser sempre uma prioridade. Nesse momento, qualquer aglomeração é um risco”, ressalta Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.
O Sindiagua entende que é fundamental que cada um faça a sua parte no enfrentamento à doença. Desde o começo da pandemia a entidade tem cobrado da Cagece, Cogerh, SAAES e SAAEC ações preventivas de proteção dos(as) empregados(as), especialmente porque são trabalhadores que executam atividade essencial e precisam de atenção do Estado. Medidas importantes têm sido adotadas no setor de saneamento, mas com o aumento de casos de Covid, é muito importante intensificar o trabalho de prevenção.
A própria Cagece recentemente divulgou dados sobre casos de contaminação de seus colaboradores que mostram que, no momento, estamos no mesmo patamar de contaminação do pico do mês de maio e junho de 2020. O Sindiagua segue cobrando a realização de testes de Covid e a inclusão dos trabalhadores(as) de saneamento no plano de vacinação como um dos grupos prioritários.
A entidade faz um apelo aos trabalhadores (as) para que cada um faça sua parte. Não podemos esquecer o uso de máscara e do álcool 70%, mas principalmente devemos evitar aglomerações. São atitudes que podem salvar vidas!
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br